1

Pastor Adiel Santana Santos 

        

Tema: Um Deus na Tumba

Texto: João 19: 40 - 42

Olhe, para você! Você tem olhos, unhas, cabelos, mãos e pés; feito de barro que um dia Deus trabalhou a terra em um lugar chamado Éden: Jardim do Éden. Depois disso começamos a nascer de mulheres, gerado por mulheres, elas que nos dão a luz, choramos ao nascer, todo lambuzado por uma gosma delas; sei lá, só sei que é assim, dentro de placentas misturado a líquidos, é assim que nascemos. Nascemos para a vida, nascemos para o mundo.

O tempo passa, crescemos e aí nos casamos, temos a nossa própria família, nascem nossos filhos e depois disso algo aterrorizador acontece: morremos.
Morremos! Uau! Morremos! Sofremos! Angustia! Dor! Problemas! Fracassos! Pecados!
Destruição! Inferno! São palavras que não gostamos; odiamos. ***Colocar alguém no tumulo. Quando vou no cemitério vejo covas,repreendo, digo: sai pra lá sua ordinária em Nome de Jesus, eu não.
É terrível! A morte é terrível! Morrer é muito ruim, é chato e triste. A morte nos atormenta, nos assalta a vida. A morte nos rouba a vida – Somos pó e ao pó haveremos de tornar; é assim que a Bíblia diz.

Mas saiba que o pior não é isso. O pior de tudo isso é: Estamos separados de Deus; um enorme abismo entre nós e o Criador.
Separados por uma dimensão – Deus na dimensão sobrenatural e nós caímos, perdemos a direção do céu, ficamos presos a dimensão natural e não sabemos mais voltar na dimensão de Deus. Deus, então vai a nossa procura, Deus vai em nossa busca e grita: Adão, onde estás?
Perdemos o lar, perdemos o caminho de casa e não sabemos voltar, não temos mais direção do céu, perdemos o céu e não sabemos mais como chegar lá; e agora? O que fazer? Estamos acabados, estamos arruinados, destruídos – Mas espere um pouco; será que há uma chance, uma esperança, uma saída?


Olhe para o céu! Veja uma reunião lá. Há uma grande agitação como nunca houve antes.
Preste atenção! Jesus o Filho amado, o Filho unigênito vai falar e quando Ele começa a falar o Pai se desmancha em sorriso, dá um sinal para os anjos que estão agitados, sussurrando ao pé do ouvido uns dos outros, e o Pai fica embevecido com o seu único Filho, totalmente abobado e perplexo com o que acaba de escutar. Escute o que Jesus está dizendo, tenha fé e creia.
Jesus diz: “Eu vou lá na terra, descerei entre eles e serei o Salvador dos homens. Vou trazê-los de volta para casa. Eu serei o Caminho, a Verdade e a Vida para eles. Vou livrá-los do pecado, da morte e os trarei ao céu, à casa de meu Pai. Vou nascer como eles nascem, vou viver como eles vivem, vou comer o que eles comem e vou morrer como eles morrem.”

Agora veja: Deus vai tornar-se homem.
Uma mulher irá gritar e gemer como qualquer uma outra mulher grávida a ponto de dar a luz ao filho que carrega no ventre.
Uma camponesa judia que morava na Galiléia na cidade de Nazaré chamada Maria, recebe a visita do anjo, o anjo Gabriel que lhe disse: “Bendita és tu entre as mulheres, eis que em teu ventre conceberás, e darás luz a um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado o Filho do Todo-Poderoso; e o Senhor Deus lhe dará o seu trono e reinará eternamente e o seu Reino jamais terá fim.” - Lucas 1: 26 – 33.


Deus dá uma outra ordem a Gabriel, o mensageiro do Senhor: “Gabriel vá a Terra e anuncia, diga também ao seu marido; um homem justo chamado José, para que não temas receber Maria por mulher, pois, o que nela está sendo gerado é pelo Espírito Santo.
O arcanjo Gabriel deve ter ficado atordoado, como diz Max Lucado, acostumado a ver o Messias em carruagens reluzentes, cavalos de fogo, anjos, arcanjos, seres alados, serafins e querubins ao seu lado, manto de Rei, coroa de pedras preciosíssimas, espada inflamante, vestes reais, o Rei descendo em uma nuvem de fogo, em glória em todo seu esplendor, sim; o mais adequado para um Deus, para o grande Messias. Mas Deus como um bebê?

Agora veja a cena que está diante do arcanjo Gabriel: uma mulher bem jovem, barriguda, andando como uma pata, cansada, uma luta para dormir, pois, aquela barriga enorme incomoda, quando fica em pé parada como pastora Marli que ficava de perna aberta, nariz grande, inchado; um rostão e quando os anjos olham lá de cima, o que eles vêem? Eles sabem que ali dentro, no ventre daquela mulher está um Deus, Deus está ali dentro. Jesus ali dentro, envolto a uma placenta, misturado a líquidos e um monte de coisas das mulheres, um bebê como outro qualquer, indefeso, preso a um cordão umbilical – surpreendente!
Seu nome: Jesus Cristo! O Salvador de toda a terra! Deus Emanuel, Deus conosco!


Deus encarnado – “O Verbo se fez carne e habitou entre nós e vimos a sua glória; como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.” - João 1: 14. É o que os anjos vêem, quando olham lá de cima, os céus contemplam a terra com total admiração e expectativa.
Agora quero que você veja Jesus com 33 anos. Veja esta cena: Jesus com os seus doze em um jardim chamado Getsemâni.
É noite em Jerusalém e, de repente chega uma multidão, soldados armados e com violência O prendem e logo, depois, é julgado, condenado e sentenciado a morte, uma morte cruel e terrível: será crucificado. Vai morrer em uma cruz; braços abertos, cravos nas mãos e pés, uma coroa de espinhos na cabeça ensangüentada.

Observe a carne rasgada de Jesus e, está sangrando pela surra que acabou de levar pelos carrascos romanos, carregados de ódio e o fizeram com açoites, chicotes que fizeram o sangue do Messias encharcar a terra dos homens, uma lança fura-lhe o lado, é a profecia que se cumpre: “Ele tomou sobre si nossas enfermidades e nossas dores, Ele foi ferido pelos nossos pecados e moído pelas nossas iniqüidades, o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele e; pelas suas pisaduras fomos sarados. Ele foi cortado da terra dos viventes e o puseram em uma sepultura.” - Isaias 53.
Deus numa cruz! Um Deus de lábios rachados, os olhos arregalados, a garganta seca, rosto machucado, ferido, dolorido, gemidos de dor, gritos de zombaria , o Monte do Calvário em agonia e em trevas, uma esponja de vinagre é oferecida, uma lança fura-lhe o lado e sai de seu corpo água e sangue.

Mãos feridas, perdão oferecido: “Pai, perdoa-lhes!”
Um grito rasga os céus, um brado vem lá da cruz do centro, a do meio, entre dois ladrões também condenados: “Elói, Elói, lamá sabactâni; Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste?”
Um clamor, uma súplica, um pedido vem da cruz ao lado, enquanto um amaldiçoa e zomba, do outro lado vem um pedido, um pedido de fé, de salvação e de esperança: “Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.”
E Jesus no centro, do alto da cruz lhe responde: “Hoje mesmo estarás comigo no Paraíso.


Mas, agora, vem o momento final. Um suspiro final. O último fechar de olhos, a última batida do coração.
A terra é tocada e manchada com o sangue de Jesus, sangue de um Deus - Sangue que Ele verteu por você, sangue que nos purifica de todo o pecado, sangue que quebra toda a maldição e que nos devolve a vida.
Estas são as últimas palavras da cruz: “Tudo está consumado!”
Jesus rendeu o espírito, tombou a cabeça para o lado e morre. Jesus morreu! Como qualquer um de nós, Jesus morreu.
Agora Jesus é tirado da cruz. Chega ali um homem rico chamado José de Arimatéia e pede a Pilatos o corpo de Jesus.

Carregam o corpo de Jesus enrolado em lençóis e O colocam em uma tumba, um sepulcro novo escavado pelas mãos dos homens. Veja você: Um Deus na tumba!
Um Deus na tumba! Sim. Foram 3 dias. Três dias, Jesus no ventre da terra, dentro de uma tumba.
Jesus foi colocado em uma tumba nova; que ninguém ainda havia sido enterrado ali, sendo Ele o Primogênito dentre os mortos.
O primogênito é o primeiro, é aquele que usa um útero novo. Um útero que ninguém ainda usou. Tudo certinho, tudo no lugar, tudo ajustadinho, um útero novinho, é assim com o primogênito. Mas o resto da turma, a meninada que vem depois, já pega um útero usado, já gasto, despencado e os caçulas, então, coitados,


aquilo que era útero já virou foi uma bagunça, já virou uma zorra, uma baderna, tudo fora do lugar.
Há sempre um novo amanhecer. Houve na terra uma manhã diferente de todas as outras. Foi no 3º dia depois do enterro de Jesus em um horto quando rolaram uma grande pedra e fecharam a entrada daquele sepulcro novo, onde colocaram Jesus de Nazaré.
O céu está agitado, uma alegria total, uma manhã de domingo diferente de todas as outras. Corre uma mulher bem de manhã para aquele lugar, também, corre dois discípulos, dois dos Doze – algo extraordinário acontece, estavam atônitos, perplexos, quando eles chegam lá, a tumba estava vazia, totalmente vazia – Jesus ressuscitou! Ressuscitou! Aleluia! Jesus vive!

Deus mantém a sua promessa!
Deus cumpriu a sua promessa!
Veja você mesmo. Na manjedoura, Ele estava lá!
Agora veja, você novamente. Na tumba, Jesus ressuscitou!
A vida triunfou sobre a morte.
O mal é derrotado. Deus em seu trono, Deus em sua glória – Deus não é Deus de mortos, mas sim; de vivos. Deus é chamado: Deus de Abraão, Deus de Isaque e Deus de Jacó (Marcos 12: 27). Deus é Deus de vivos - acredite!
Jesus acabou com a nossa droga de vida.
*** Musica 1- Cd Resgate acústico.


Jesus mudou a nossa sorte, nosso destino.
É isso aí! Pecados perdoados! Alma lavada! Coração limpo! De volta para casa!
De novo com o Criador do universo.
Vamos entrar no céu! Estamos salvos, tomados pela eternidade, fomos comprados e jamais poderemos ser vendidos. Comprados com o sangue de Jesus, sangue carmesim derramado na cruz do calvário. Aleluia!!!
Através dos trapos da morte, João viu o poder da vida. É este poder que muda você. Muda sua vida, muda seu destino. Este poder é inexplicável!
Mas este é o poder que a Bíblia diz: “Deus que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Jesus Cristo.” – Fil.1: 6.

Você viu o que Deus está fazendo em você? Uma boa obra.
Quando será concluída? Quando Jesus voltar.
Deus ainda não terminou a boa obra em sua vida. Aguarde! Não desista! Vai valer a pena! Siga em frente a qualquer custo. Não abandone sua fé. Não deixe Jesus por nada.
Jesus ama você! Ele escolheu você para a vida. Ele escolheu você para o céu. Ele escolheu você para Deus!
E se eu morrer, pastor; o que faço? Nada!
Não faça nada. Isso não é um problema, Ele sabe como vencer a morte, lembre-se: Ele já esteve em uma tumba.
Quando Lazaro morreu, já havia 4 dias que o seu corpo estava na sepultura.

Quando Jesus chegou em Betânia; Jesus só disse o seguinte: “Tirai a pedra.”
Quando tiraram a pedra, Jesus bradou, deu uma ordem de vida, uma ordem de vitória: “Lazaro, sai para fora.”
Isso foi um sinal. Jesus só estava treinando, Jesus só estava se preparando, para fazer o maior esvaziamento mundial de sepulturas.
Maria, sai para fora! Marli, sai para fora! Silas, sai para fora! Vinicius, sai para fora!


Tumulo após tumulo ficarão vazios!

Aleluia!!! Glória a Jesus!!! Glória a Deus!!! Amém!

Jesus voltará! Jesus voltará em glória e em triunfo! Espadas reluzentes, cavalos brancos; o Messias, agora sim, em uma carruagem de fogo, vestido de vestes brancas resplandecentes, anjos, arcanjos, serafins, querubins ao seu lado; o brilho da luz clara como cristal que emana do Trono do Senhor Deus Todo Poderoso irá reluzir e, todos aqueles que o transpassaram O verão, é o que a Bíblia diz.
Os demônios fugirão apavorados, o diabo gritará, desesperado: Nazareno, não! Você me venceu! Você me venceu!
O mal é derrotado. O pecado é destruído. A morte é vencida,pois, o Senhor Jesus Cristo a pisará,e assim a morte estará debaixo de seus pés.

Receba esta revelação. Veja, agora esta última cena: Eu e você somos recebidos no céu.
Somos recebidos na glória. Aqueles que já morreram, que foram deixados em uma tumba qualquer; ressuscitarão primeiro, depois, os vivos, estes serão arrebatados e, assim nos encontraremos com o Senhor nos ares, ao soar da trombeta, quando a trombeta for tocada nos céus. Amém!!! Aleluia!!! Glória a Jesus!!!
Yeshua quando morreu, fez morrer o seu pecado. Quando Ele ressuscitou, ressuscitou a sua esperança. Quando Ele levantou do tumulo, aquilo que seria sua moradia final, se tornou em pousada temporária; para que no dia de Jesus Cristo, larguemos para trás a tumba vazia, como um sinal de que herdamos um novo céu e uma nova terra, para todo o sempre.
Amém!!! Amém!!!


 

 
 

Copyright © 2001-2007 Igreja Batista em Milionários - All rights reserved.
Rua Santa Alexandrina, 573 - Milionários - Belo Horizonte - CEP 30620-830 - MG - Telefax.:(31) 3321-7894

" Toda honra, toda glória e todo louvor seja dada ao nosso Deus "

webdesign