Bíblia On-Line
 

Menu

Pibmilionarios.com
Agenda
Downloads
Hot Sites
Estudos
Matérias

O Sacrifício - parte I

 

Quando desenvolvemos um intenso amor por Jesus, esse amor é evidenciado pelos nossos atos, pois Deus não se deixa convencer apenas pelas nossas palavras, mesmo porque, o relacionamento dEle para conosco não se limita à Sua Palavra. A Bíblia não é apenas um livro santo, ela é tudo aquilo que o nosso Deus fez, faz e fará por aqueles que nEle confiam e que levaram, levam e levarão essa fé, essa confiança além das meras palavras, a uma condição de sacrifício. Mas, o que eu preciso deixar bem claro é que Deus é um Deus de princípios e Ele se move por princípios e que o sacrifício é o princípio que detona o mover de Deus.

 

Ajuntai-me os meus santos, aqueles que fizeram comigo uma aliança com sacrifícios. (Salmos 50 : 5)
 
Mas, missionário Antônio Cirilo, e o sacrifício do nosso Senhor Jesus? Onde fica a cruz nessa questão? Essa é uma boa pergunta que alguém atenciosamente pode elucidar em algum lugar, por isso já vou dar a resposta.

 

A cruz, a morte do Cordeiro de Deus, sem mácula, sem defeito, o Seu sangue derramado foi, é e será o maior e mais perfeito sacrifício. Antes dele não existiu e não existirá depois um sacrifício que se compare ao sacrifício do meu amado Senhor Jesus Cristo.  Isso precisa ficar muito claro. E a outra coisa que precisa ficar bem claro é que foi você quem sacrificou o Senhor Jesus. Sim, fui eu e você quem o sacrificamos. Ele foi oferecido a Deus por causa do seu e do meu pecado.  E esse, o primeiro e maior sacrifício é que nos abre o vivo caminho para nos relacionarmos com o nosso Pai Celeste.  Você não consegue se achegar a Deus sem crer que o Senhor Jesus Cristo foi sacrificado. E a maioria das pessoas até mesmo crêm que o Cristo foi sacrificado.  Mas o que vai aperfeiçoar a sua relação com Deus é a fé alimentada pelo entendimento de que foi você que, pelo Espírito Eterno, ofereceu o Cristo como sacrifício a Deus. Essa é a lógica da morte de Jesus – ser o meu e o seu sacrifício a Deus.  O relacionamento com Deus só é possível através da fé, fé de que Ele sofreu e morreu em meu lugar. Ele me substituiu na cruz. Essa é a lógica do sacrifício – a oferta substitui o ofertante. Apenas crer que o Cristo morreu na cruz pode nos conduzir uma vida religiosa, mas quando você entende que foi você quem o matou naquela cruz, que se não fosse o seu pecado ele não precisava ter morrido, isso não leva além da religião, nos leva a um avivamento. A ressurreição do Cristo não pode minimizar a Sua morte, pois, se Ele ressuscitou é porque morreu, e se morreu o fez por mim e por ti.
 
Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no SENHOR. (Salmos 4 : 5).
 
O nosso maior e mais perfeito sacrifício de justiça chama-se Jesus Cristo, o Senhor. Mas, Ele não é apenas o maior, mas também o primeiro de muitos sacrifícios que, ao longo da nossa caminhada cristã, ofereceremos a Deus.
 
Missionário Antônio Cirilo

>> voltar
 

Copyright © 2001-2002 Igreja Batista em Milionarios - All rights reserved